Guaratinguetá

 

Guaratinguetá – SP


Guaratinguetá é uma palavra de origem Tupi-Guarani: guará=garça, tinga=branca, eta=muito, que significa “Muitas Garças Brancas”.


Em 1717, a imagem enegrecida de Nossa Senhora da Conceição foi encontrada por pescadores nas águas do Rio Paraíba, em Guaratinguetá, onde hoje é a cidade de Aparecida.


Em 1739, nasce aquele que, em 25 de outubro de 1998, torna-se o primeiro santo brasileiro: Frei Antônio de Sant’Anna Galvão, canonizado em 11 de maio de 2007 pelo Papa Bento XVI.


O desenvolvimento de Guaratinguetá tem no Turismo uma de suas âncoras e, no século XXI, a religiosidade já manifestada na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, com sua água abençoada atraindo peregrinações, ganha novo impulso com a devoção a Frei Galvão, além dos templos religiosos que reúnem arquitetura, arte, beleza e fé desde o século XVIII.


No agronegócio, Guaratinguetá também é destaque, sendo a maior produtora de arroz do Estado de São Paulo e uma das maiores bacias leiteiras.


Localização Privilegiada

A cidade de Guaratinguetá, colhe benefícios por estar instalada no coração do Vale do Paraíba, ilha de excelência industrial brasileira, estimulando sensivelmente o desenvolvimento da região. Indústrias dos setores automobilístico, aeronáutico e químico são as parceiras ideais para os egressos das cinco modalidades de engenharia oferecidas pela FEG que mantém, ainda, cursos de Licenciatura em Física e Matemática.

 

Estrategicamente situada entre São Paulo (180 km) e Rio de Janeiro (230 km), Guaratinguetá faz parte da região mais desenvolvida do país, do ponto de vista industrial. O município abriga cerca de 90 indústrias entre multinacionais e  de médio porte, nos setores químico, alimentício, têxtil, metalúrgico, plástico e mecânico.